sábado, 6 de agosto de 2022

Mega-Sena deste sábado sorteia prêmio de R$ 3 milhões

 


O Concurso 2.508  da Mega-Sena, que será realizado hoje (6) à noite em São Paulo, deve pagar prêmio de R$ 3 milhões a quem acertar as seis dezenas. O sorteio será às 20h no Espaço Loterias Caixa, no Terminal Rodoviário do Tietê.

O último concurso (2.507), na quinta-feira (4) teve uma aposta vencedora feita em Mossoró (RN), que levou um prêmio de R$ 5,5 milhões.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet, no site da Caixa Econômica Federal.

A aposta simples, com seis dezenas, custa R$ 4,50.

Sob jejum de vitórias no Brasileiro, São Paulo encara Flamengo em casa

 


São Paulo e Flamengo entram em campo neste sábado (6) pela 21ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Com início às 20h30 (horário de Brasília), a partida no Estádio do Morumbi será transmitida ao vivo na Rádio Nacional, com narração de Rodrigo Campos, comentários de Waldir Luiz, reportagem e plantão de notícias com Rodrigo Ricardo. 

Os são-paulinos recebem os rubro-negros em meio ao mata-mata da Copa-Sul-Americana, já que o Tricolor disputa as quartas de final contra o Ceará.  Na última quarta-feira (3), o time comandado pelo técnico Rogério Ceni derrotou os nordestinos por 1 a 0. E agora, na próxima quarta-feira (10), terá novo duelo, desta vez no Castelão, em Fortaleza.

Por isso, a tendência é que o técnico Rogério Ceni inicie o embate contra o Flamengo com um time alternativo, tendo em vista que a competição continental é vista pelo clube como uma possibilidade de título este ano. Já as chances no Brasileirão são menores, levando em consideração que o São Paulo é apenas o décimo colocado, com 26 pontos, e se encontra 16 pontos do líder Palmeiras.

Os rubro-negros também vivem situação parecida com a dos donos da casa. Os comandados do técnico Dorival Júnior estão dividindo as atenções com as quartas de final da Libertadores, contra o Corinthians. Mesmo tendo vencido fora de casa no jogo de ida por 2 a 0, é possível que o treinador da equipe carioca poupe boa parte dos titulares.

A partida em São Paulo é importante para as pretensões do Flamengo na competição nacional. Na quinta posição, nove pontos separam os cariocas do líder Palmeiras na classificação geral. Ou seja, uma derrota ou uma vitória pode aumentar ou diminuir a distância para o primeiro colocado.

 

Mais de 23 milhões de eleitores estão aptos a votar

 


Mais de 156,45 milhões de pessoas estão aptas a votar no próximo dia 2 de outubro, quando os brasileiros começarão a escolher o próximo presidente da República, além dos futuros governadores, senadores e deputados federais, estaduais e distritais. Neste universo heterogêneo de cidadãos, ao menos 23,34 milhões de eleitores e eleitoras atenderão ao compromisso cívico por vontade própria, já que não são obrigados a votar.

A Constituição Federal estabelece o voto facultativo, ou seja, opcional, para os jovens de 16 e 17 anos de idade; pessoas com 70 anos ou mais e também para analfabetos. Só os eleitores que declaram não saber ler, nem escrever, ultrapassam os 6,33 milhões de pessoas, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Um número que representa cerca de 4% de todas as pessoas em condições legais de votar.

A diarista Maria Sônia Ribeiro da Silva, 50 anos, é uma dessas pessoas. Ainda que, a rigor, sua participação nos pleitos anteriores não tenha sido exatamente espontânea. “Até hoje, eu não sabia que não era obrigada a votar”, reagiu a diarista ao ser informada, pela reportagem, que, na condição de analfabeta, não teria sofrido sanções caso tivesse deixado de votar em eleições passadas. Abolido em 1881, o direito dos analfabetos ao voto só foi restituído em 1985, por meio de uma Emenda Constitucional que garantiu a uma parcela da população que, à época, era ainda maior, o direito a ajudar a escolher seus representantes políticos.

“Eu votava porque achava que era o jeito. Que perderia o título de eleitor, pagaria multa, caso não comparecesse. Até falei com meu marido que, se não fosse obrigatório, eu não votaria mais, porque é sempre a mesma coisa, as mesmas promessas. Por outro lado, também acho importante a gente participar, tentarmos fazer com que o país melhore. Tanto que, agora, sabendo que não sou obrigada, acho que vou repensar e, talvez, continuar indo votar”, destacou a diarista, explicando que costuma se informar sobre política pelos telejornais e conversando com parentes e amigos e na hora de votar, leva consigo uma “cola” com o número dos seus candidatos.

De acordo com o último censo populacional realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2010, a taxa de analfabetismo entre a população de 15 anos ou mais tinha caído de 13,63%, em 2000, para 9,6%, totalizando 13.933.173 em 2010. Pelos dados disponibilizados pelo TSE, este ano, o maior número de eleitores que se autodeclararam analfabetos no momento do alistamento eleitoral tem entre 70 a 74 anos de idade, superando as 730 mil pessoas.

Jovens e Idosos

Além dos analfabetos, há, entre os dito eleitores espontâneos, 815.063 pessoas com 16 anos de idade e outros 1.301.718 que já completaram 17 anos. Juntos, os dois grupos somam 2.116.781 eleitores. Um número cerca de 50% superior aos 1.400.617 registrados em 2018.

Já o total de eleitores e eleitoras com mais de 70 anos de idade aumentou de 12,02 milhões, em 2018, para 14.893.281, em 2022. Destes, 184.438 têm mais de 100 anos - dentre os quais, 45,4 mil não sabem ler ou escrever.

Favorável à tese de que o voto deveria deixar de ser obrigatório e passar a ser facultativo para toda a população brasileira, o cientista político Antonio Lavareda acredita que o crescente número de pessoas votando sem ser obrigadas indicam um “maior nível de consciência cívica” e de interesse pela política.

“As pesquisas têm demonstrado que as pessoas vêm manifestando um inusual grau de interesse pela política, mais especificamente pelo pleito deste ano. O que pode ser um indicador de que a participação eleitoral pode vir a ser maior que na eleição de 2018, quando a abstenção superou os 30 milhões de eleitores”, disse Lavareda à Agência Brasil.

“O crescimento do número de eleitores com 70 anos ou mais e de jovens com 16 e 17 anos acompanha o manifesto interesse do restante da população pelo pleito deste ano. E será muito bom para o processo democrático se a alienação eleitoral registrada na última eleição for menor”, acrescentou o cientista político ao pontuar que, apesar das poucas pesquisas acadêmicas sobre os eleitores espontâneos, é possível afirmar que, confirmada a hipótese deles serem mais interessados, tendem a ser mais “ideologizados”, tendo preferências mais “articuladas e consolidadas”. “Com isso, quem tende a ser menos beneficiado por estes votos são os candidatos situados mais ao centro do espectro político ideológico”.

Professora e pesquisadora do Centro de Estudos de Opinião Pública (Cesop), da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), a também cientista política Rachel Meneguello considera que a motivação para o voto espontâneo está associada ao interesse pela política e à percepção da importância de que, em uma democracia representativa como a brasileira, os cidadãos devem assumir a responsabilidade de ajudar a escolher seus líderes políticos.

“As pesquisas mostram que, nos últimos 20 anos, se o voto não fosse obrigatório, não menos que 40% dos eleitores iriam votar. Ainda assim, o eleitorado entende o ato de votar como um ato cívico que faz parte de sua vida política – a ponto de, na redemocratização, após a ditadura militar, [o direito a] votar para presidente em eleições diretas ter sido um dos pontos centrais das campanhas que envolveram grande parte da população”, destacou Rachel.

De acordo com a cientista política, as pesquisas existentes indicam que a maioria dos eleitores que votam por vontade própria possuem maiores escolaridade e renda média, mas também exigem campanhas públicas específicas. 

“O acesso à informação geral e à informação política é um fator central para a mobilização política e esses grupos [no geral] têm maior acesso, contudo, dependem mais de campanhas específicas. Neste ano, por exemplo, vimos a campanha do TSE destinada a estimular o envolvimento dos mais jovens”, frisou Rachel, que também espera uma menor abstenção eleitoral para este ano, mas ao contrário de Lavareda, defende a manutenção do voto obrigatório para os demais eleitores.

“Entendo o voto obrigatório como um dever cívico muito positivo. O eleitor deve praticar a responsabilidade pela escolha dos representantes que votam por ele no Congresso, assembleias ou câmaras municipais.  O que pode ser aperfeiçoado no caso brasileiro é a organização do sistema partidário, de forma que os partidos de fato consigam organizar a informação política para os eleitores, pois sabemos que a média do eleitoral tem dificuldades em localizar-se no sistema de partidos e definir as escolhas de deputados federais, estaduais e senadores em um sistema partidário fragmentado como é o sistema brasileiro”, explicou.



 

sexta-feira, 5 de agosto de 2022

Gestão Municipal de São José do Seridó lamenta falecimento de Neto de Calixto, pai da secretária de Assistência Social

 

Faleceu nesta sexta-feira (5), na zona rural de São José do Seridó, vítima de atropelamento, o senhor João Pereira dos Anjos, popularmente conhecido como Neto de Calixto.

Pai da secretária municipal do Trabalho, Habitação e Assistência Social de São José do Seridó, Suzete Pereira, Neto de Calixto era uma pessoa bastante querida e respeitada por todos ao seu redor.

Desta forma, a Gestão Municipal de São José do Seridó presta solidariedade aos demais familiares e amigos de Neto de Calixto por esta perca irreparável. Que Deus, em sua imensa bondade, conceda descanso eterno, para seu filho, no reino celestial.

Agricultor é colhido por carro quando fazia a travessia da RN 288 em São José do Seridó

 

A cidade de São José do Seridó a 26 Km de Caicó acordou com uma triste notícia. Por volta de 5h e 30m, o agricultor João Pereira dos Anjos, conhecido como Neto de Calixto, atravessava a rodovia com o gado e foi colhido por um carro que trafegava sentido Caicó/São José do Seridó, na altura do Sítio Viração de sua propriedade.

O automóvel causador do acidente ainda não foi identificado e o agricultor veio à óbito ainda no local.

De acordo com relatos de pessoas que passaram no local momentos após o acidente é de que uma vaca pertencente ao senhor Neto de Calixto também foi atingida pelo automóvel e morreu.

Neto deixa a esposa Ilma e mais 4 filhos. A notícia de sua morte causou grande comoção em toda a população de São José do Seridó. Ele era uma pessoa bastante querida na cidade e diariamente vendia leite pelas ruas da cidade e era uma pessoa extrovertida e bem humorada.

Policiamento de trânsito, a PM local , Perícia Criminal e o ITEP estiveram no local para realizar os procedimentos. Por Carlos Felipe

domingo, 24 de julho de 2022

NOTA DE ESCLARECIMENTO DA ASSOCIAÇÃO JOVENS UNIDOS E SOLIDÁRIOS

 


A Associação Jovens Unidos e Solidários traduz - se numa organização sem fins lucrativos com objectivo da realização de acções sociais e de cidadania em prol das comunidades.

No âmbito do seu plano de actividades para o ano 2022 realizou hoje, 23 de Julho uma Passeata para enaltecer os esforços do executivo na resolução dos problemas sociais bem como incentivar o papel da sociedade civil organizada na participação das eleições gerais de 2022 com urbanidade e cidadania.

Infelizmente alguns cidadãos claramente mal intencionados  e com uma acção previamente concertada infiltraram - se neste grandiosa passeata com único e exclusivo objectivo de causar distúrbios, promover vandalismo e manchar o bom nome da nossa associação que desde 2007 tem realizado várias acções sociais.

Neste sentido, vimos por este meio repudiar estes actos e agradecer a pronta intervenção da Polícia Nacional e todos seus efectivos pela eficiência, rapidez que exactamente pela ordem e pela paz ao serviço da nação prontamente agiram em conformidade.

Assim sendo, não podemos deixar de agradecer aos 17.000 jovens convidados que participaram da passeata com civismo e urbanidade, conforme ilustram os vídeos e fotos abaixo.

Aproveitamos ainda a oportunidade para pedir as nossas sinceras desculpas aos cidadãos pelos transtornos causados durante os minutos que estes indivíduos sob fins nada abonatórios cometeram os actos de vandalismo.

Tendo em conta os prejuízos causados as nossas viaturas e a integridade física de membros da associação, já procedemos a devida queixa para o tratamento legal deste grave incidente que muito nos entristeceu.

Continuaremos a trabalhar de forma afincada para apoiar o executivo Angolano muito bem liderado pelo Presidente João Lourenço, bem como realização acções a nível das comunidades assim como tem sido durante estes 15 anos.

Luanda aos 23 de Julho de 2022

O Presidente da Associação
Mário Domingos Durão

EM ANGOLA: Oposição tenta boicotar abertura da campanha eleitoral do MPLA infiltrando motoqueiros na passeata realizada pela AJUS

 


Em Luanda, capital de Angola, os jovens Unidos e Solidários (AJUS) organizaram uma passeata para saudar a abertura da campanha do MPLA, neste sábado (23),mas o evento que movimentou quase um milhão de pessoas nas ruas chamou a atenção da oposição que desesperadamente tentou tirar proveito político.

A passeata teve a participação de mais de 17 mil motoqueiros, que juntaram-se aos milhares de pessoas nas ruas, becos e vielas de Luanda, tornando-se  em uma das maiores passeatas já realizadas e a campanha eleitoral do MPLA no distrito da Camama alcançando quase um milhão de pessoas.

Ao bater o desespero, a oposição tentou de várias maneiras boicotar a abertura da campanha eleitoral do MPLA, usando pessoas infiltradas dentro da passeata.

Marcado por um estrondoso ato político do MPLA por movimentar quase um milhão de pessoas em Luanda, foi manchado pela intolerância política da oposição que fez de tudo para frear o mega-evento promovido pela organização Jovens Unidos e Solidários (AJUS).

As pessoas que foram para participar da passeata receberam um apoio financeiro para o lanche e o combustível para ser usado na motorizada.

Por ter se tornado uma grande passeata, a oposição infiltrou pessoas dentro da passeata para tirar proveito político, mas que a população de Angola está atenta ao perceber o desespero da oposição, tentando usar de várias maneiras para tentar frear o sucesso do MPLA.

quinta-feira, 14 de julho de 2022

SALMO DO DIA: Salmo 76

 


Salmo de Hoje

Quinta, 14 de Julho de 2022

Em Judá Deus é conhecido;
o seu nome é grande em Israel.

Sua tenda está em Salém;
o lugar da sua habitação está em Sião.

Ali quebrou ele as flechas reluzentes,
os escudos e as espadas,
as armas de guerra.

Resplendes de luz!
És mais majestoso que os montes
cheios de despojos.

Os homens valorosos jazem saqueados,
dormem o sono final;
nenhum dos guerreiros
foi capaz de erguer as mãos.

Diante da tua repreensão, ó Deus de Jacó,
o cavalo e o carro estacaram.

Somente tu és temível.
Quem poderá permanecer diante de ti
quando estiveres irado?

Dos céus pronunciaste juízo,
e a terra tremeu e emudeceu,

quando tu, ó Deus, te levantaste para julgar,
para salvar todos os oprimidos da terra.

Até a tua ira contra os homens
redundará em teu louvor,
e os sobreviventes da tua ira se refrearão.

Façam votos ao Senhor, ao seu Deus,
e não deixem de cumpri-los;
que todas as nações vizinhas tragam presentes
a quem todos devem temer.

Ele tira o ânimo dos governantes
e é temido pelos reis da terra.

Salmo 76

INSS: auxílio de R$ 1,2 mil pode ser ampliado em 2022

 


Um projeto de lei apresentado na Câmara dos Deputados pode ampliar o público do Benefício de Prestação Continuada (BPC). O auxílio pago pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) está previsto na Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS), que tem chances de ser alterada.

Leia mais: Dinheiro esquecido: Valores a Receber terá pagamentos em julho?

O BPC atende idosos com mais de 65 anos e pessoas com deficiência de qualquer idade, pertencentes a famílias de baixa renda. A parcela mensal tem valor de um salário mínimo (R$ 1.212), e o programa não exige qualquer contribuição à Previdência Social.

Mudanças nos critérios

Já aprovado na Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, o Projeto de Lei 4161/21 altera a renda máxima exigia para inscrição no BPC. O valor atualmente é de 1/4 de salário mínimo (R$ 303) por pessoa, mas pode passar para 3/4 do salário mínimo (R$ 909) por pessoa.

Além disso, o texto também exclui do cálculo da renda familiar benefícios previdenciários ou outro BPC que somem até dois salários mínimos.

A proposta está fase de análise na Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência, e desde então não sofreu nenhuma movimentação. Se aprovado, milhões de famílias serão contempladas.

Inscrição no BPC

O interessado em receber o auxílio do INSS deve procurar o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo para se cadastrar no Cadastro Único (CadÚnico) do governo federal. A seleção dos aprovados é feita com base nas informações existentes nesse sistema.

O benefício é pessoal, intransferível e vitalício. Contudo, ele não gera 13º salário ou pensão por morte, uma vez que é assistencial e não previdenciário.

 

Seleção feminina vence Japão e garante lugar na semifinal da Liga das Nações

 


A seleção brasileira feminina de vôlei está na semifinal da Liga das Nações. Nesta quarta-feira (13), o Brasil venceu o Japão pelas quartas de final por 3 sets a 1 (29/27, 28/26, 20/25 e 25/14), em Ancara, na Turquia. 

A ponteira Gabi se destacou e foi a maior pontuadora da partida, com 23 acertos. A oposta Kisy, com 20, e a ponteira Julia Bergmann, com 17, também tiveram boas atuações. A equipe do treinador José Roberto Guimarães vai enfrentar a Sérvia na semifinal no próximo sábado (16) em horário a ser confirmado pela Federação Internacional de Voleibol (FIVB). As sérvias superaram os Estados Unidos nas quartas de final por 3 sets a 2 (29/27, 25/23, 20/25, 20/25 e 15/13). 

Gabi, capitã e maior pontuadora da partida, com 23 pontos (22 de ataque e um de bloqueio: “Foi uma vitória incrível contra o Japão pelas quartas de final. Atacamos várias vezes para conseguir colocar a bola no chão e tivemos paciência e coragem nos momentos de decisão. Nos unimos nos momentos de dificuldade e isso foi fundamental. O saque também foi importante. Começamos errando muito nos dois primeiros sets, mas conseguimos reverter e trazer a vitória para o nosso time. Depois de perder o terceiro, voltamos com uma postura melhor no quarto já sabendo onde atacar e mais agressivas”.

Kisy, oposta, marcou 20 pontos (16 de ataque e quatro de boqueio): “Estamos muito felizes pela vitória e, principalmente, pela forma que atuamos na partida. O time lutou, persistiu e não desistiu em nenhum momento. É sempre complicado jogar contra o Japão. Elas defendem muito e tivemos que ter paciência e concentração todo o jogo. Estou orgulhosa de toda a equipe. Foi a vitória de um grupo”.

Macris, levantadora: “Sabíamos que seria um jogo difícil. Nos preparamos muito para essa partida. Foi importante que tivemos calma em momentos de decisão e conseguimos sair de situações difíceis. Contra o Japão cada ponto é suado e tivemos que lutar todo o tempo. A equipe está de parabéns pelo espírito de luta durante toda a partida”.

José Roberto Guimarães, treinador do Brasil: “Cometemos alguns erros, mas foi muito importante para essas jogadoras a oportunidade de jogar contra o Japão em uma partida eliminatória. Ganhamos quatro posições nesse jogo e estamos entre os quatro melhores da competição. Agora vamos analisar os pontos positivos e negativos dessa partida para a semifinal contra a Sérvia”.

Liga das Nações

Primeira etapa:

Shreveport – Bossier City – Louisiana

31/05 – Brasil 3 x 1 Alemanha (29/27, 23/25, 27/25 e 25/21)
02/06 – Brasil 3 x 0 Polônia (25/23, 25/21 e 25/22)
03/06 – Brasil 3 x 1 República Dominicana (25/9, 16/25, 25/18 e 25/17)
04/06 – Brasil 0 x 3 Estados Unidos (21/25, 20/25 e 18/25)   

Segunda etapa:

Brasília (DF)

15/06 – Brasil 3 x 1 Turquia (19/25, 25/23, 25/23 e 25/23)
16/06 – Brasil 3 x 0 Holanda (25/16, 25/15 e 25/23)
18/06 – Brasil 1 x 3 Itália (17/25, 15/25, 25/14 e 14/25)
19/06 – Brasil 3 x 0 Sérvia (25/21, 25/9 e 25/21)

Terceira etapa:

Sofia (Bulgária)

28/06 (TERÇA-FEIRA) – Brasil 3 x 2 China (25/20, 25/23, 18/25, 21/25 e 15/11)   
30/06 (QUINTA-FERA) – Brasil 3 x 0 Coréia do Sul (25/17, 25/19 e 25/13)
01/07 (SEXTA-FEIRA) – Brasil 3 x 0 Bulgária (25/21, 25/20 e 25/18)  
02/07 (SÁBADO) – Brasil x Tailândia, às 10h30 – sportv 2

Fase final:

Ancara (Turquia)

Quartas de final:

13/07 (QUARTA-FEIRA) – Brasil 3 x 1 Japão (29/27, 28/26, 20/25 e 25/14)

Aposta do MS leva prêmio de R$ 27 milhões da Mega-Sena

 


Uma aposta feita em Dourados (MS) acertou as seis dezenas do Concurso 2.500 da Mega-Sena nesta quarta-feira (13) e vai receber R$ 27,5 milhões. O sorteio ocorreu na noite de hoje (13) no Espaço Loterias CAIXA, no Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo. As dezenas sorteadas foram: 05 – 16 – 25 – 32 – 39 – 55.

A aposta ganhadora, com sete números, foi feita na Lotérica Zebrinha.

A quina teve 84 apostas ganhadoras e cada uma vai levar R$ 37.436,76 e a quadra teve 4.928 apostas ganhadoras, com prêmios de R$ 911,60.

No próximo concurso, com sorteio no sábado (16), o prêmio estimado é de R$ 3 milhões.

As apostas para os concursos podem ser feitas até as 19h nas casas lotéricas, no portal Loterias CAIXA e no app Loterias CAIXA. Clientes do banco podem usar o Internet Banking CAIXA. 

O valor de uma aposta simples na Mega-Sena é de R$ 4,50.

Anvisa libera Coronavac para crianças de 3 a 5 anos

 


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) decidiu nessa quarta-feira (13) autorizar a aplicação emergencial da vacina CoronaVac em crianças de 3 a 5 anos de idade. O imunizante é produzido pelo Instituto Butantan.

Na Paraíba, a secretária Renata Nóbrega informou que a recomendação de aplicação são duas doses também para as crianças, mas que ainda aguarda a orientação oficial. A secretária também pediu que as pessoas retornem para tomar as doses de reforço para evitar o surgimento de novas cepas do vírus e também que os pais ou responsáveis atualizem as demais vacinas das crianças.

Durante reunião da diretoria colegiada, em Brasília, por unanimidade, a agência seguiu recomendação das áreas técnicas e autorizou a imunização com duas doses da vacina, no intervalo de 28 dias. A aprovação vale somente para crianças que não são imunocomprometidas. A vacina é contra a covid-19.

Não há prazo para o início da utilização do imunizante no plano nacional de vacinação. A decisão caberá ao Ministério da Saúde.

Para a diretora Meiruze Souza Freitas, da Anvisa, relatora do pedido, a CoronaVac está aprovada em 56 países pela Organização Mundial da Saúde (OMS), teve cerca de um bilhão de doses aplicadas e tem contribuído para reduzir mortes e hospitalizações.

“Vacinar crianças de 3 a 5 anos contra a covid-19 pode ajudar a evitar que elas fiquem gravemente doentes se contraírem o novo coronavírus”, explicou.

A faixa etária entre 5 e 11 anos começou a ser vacinada em janeiro. Nesse caso, são aplicados os imunizantes da Pfizer (versão pediátrica) e a CoronaVac.

Estudos

A decisão foi baseada em diversos estudos nacionais e internacionais sobre a eficácia da vacina em crianças.

As pesquisas foram realizadas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e Instituto Butantan, além de entidades internacionais. Também foram levados em conta pareceres de sociedades médicas e das áreas de farmacovigilância e de avaliação de produtos biológicos da Anvisa.

Um dos estudos clínicos, feito no Chile, mostrou efetividade de 55% da CoronaVac contra a hospitalização de crianças que testam positivo para a covid-19. Além disso, as crianças que participaram dos estudos clínicos apresentaram maior número de anticorpos e menos reações à vacina em relação aos adultos.

No Brasil, outros dados revelaram que as reações graves após a imunização foram consideradas raras e raríssimas. A conclusão foi obtida após análise de 103 milhões de doses aplicadas no país.

Inundação deixa 44 pessoas desaparecidas nos Estados Unidos

 

Mais de 40 pessoas foram registradas como desaparecidas por seus familiares depois que enchentes varreram uma comunidade ribeirinha no sudoeste do estado norte-americano da Virgínia, informaram autoridades locais.

Cerca de 18 equipes de busca e resgate, incluindo equipes de resgate aquático, foram enviadas para a região em torno de Whitewood, disse o vice-chefe do escritório do xerife do condado de Buchanan, Eric Breeding.

Mais de 100 casas na área foram danificadas e muitas estradas e pontes foram atingidas por deslizamentos de terra e por água alta. Breeding disse que não há mortes confirmadas ou feridos graves até o momento.

O governador Glenn Youngkin declarou estado de emergência no sudoeste da Virgínia para acelerar a assistência a desastres na área atingida pelas enchentes.

As chuvas que provocaram as inundações faziam parte de um sistema de tempestades maior que atingiu a região do meio do Atlântico na noite da última terça-feira (12) e no início de quarta-feira (13).

"As fortes chuvas causaram inundações repentinas no condado de Buchanan, juntamente com quedas de energia, impactos nas estradas e outras infraestruturas e desafios operacionais", disse o governador.

Copa do Brasil: Santos vence, mas Corinthians fica com a vaga

 


O Corinthians se garantiu nas quartas da Copa do Brasil mesmo com uma derrota de 1 a 0 para o Santos, na noite desta quarta-feira (13) na Vila Belmiro. O Timão avançou mesmo com o revés porque, na ida, goleou o Peixe por 4 a 0.

O único gol da partida saiu já aos 21 minutos do segundo tempo em cobrança de pênalti perfeita do atacante Marcos Leonardo.

As duas equipes voltam a entrar em campo no próximo sábado (16), pela 17ª rodada do Brasileiro. O Santos visita o Avaí, enquanto o Corinthians mede forças com o Ceará.

Copa do Brasil: Atlético-GO derrota Goiás e se garante nas quartas

 


O Atlético-GO se garantiu nas quartas de final da Copa do Brasil após derrotar o Goiás por 3 a 0, na noite desta quarta-feira (13) no estádio da Serrinha, na volta das oitavas da competição. A vaga ficou com o Dragão porque o confronto de ida terminou em 0 a 0.

Mesmo jogando fora de casa, o Atlético dominou o primeiro tempo e abriu o placar aos 40 minutos, quando Wellington Rato levantou a bola na área do Goiás para Jorginho marcar de cabeça.

Com a desvantagem no marcador o Esmeraldino partiu para o ataque na etapa final e ofereceu espaços ao Dragão, que não perdoou. Aos 7 minutos Luiz Fernando puxou contra-ataque e tocou para Wellington Rato, que driblou Tadeu com um corte seco antes de ampliar. E aos 19 o Goiás ficou sem oportunidade alguma de reação quando Marlon Freitas ampliou em cobrança de pênalti.

Agora as equipes goianas se concentram no Brasileiro, onde o Atlético-GO recebe o Fortaleza e o Goiás visita o Juventude.

Flamengo derrotou o Atlético-MG e se garante nas quartas de final da Copa do Brasil

 


Sob o comando do uruguaio Arrascaeta, o Flamengo derrotou o Atlético-MG por 2 a 0, na noite desta quarta-feira (13) no estádio do Maracanã, e se garantiu nas quartas de final da Copa do Brasil. Com este resultado o Rubro-Negro reverteu a vantagem do Galo, que triunfou por 2 a 1 na ida.

Empurrado por mais de 68 mil torcedores o Flamengo pressionou muito o Atlético-MG desde o primeiro minuto de jogo. E a primeira oportunidade do Rubro-Negro saiu logo aos 2 minutos, quando Filipe Luís recebeu na esquerda e cruzou para a área, onde Pedro emendou uma bicicleta para fora.

Dois minutos depois a equipe da Gávea chegou novamente com liberdade pela esquerda, mas desta vez com João Gomes, que rolou para Gabriel Barbosa bater para defesa de Everson. E o goleiro atleticano voltou a fazer uma boa defesa aos 12 minutos, quando Arrascaeta recebeu na direita, cortou para o meio, se livrando de dois marcadores, e bateu de esquerda.

Mas a oportunidade mais clara foi criada aos 37 minutos. Rodinei recebeu na intermediária e cruzou para Pedro, que cabeceou com perfeição para defesa de Everson. E a primeira oportunidade clara do Galo, que se preocupava mais em se defender, saiu apenas aos 39, com cabeçada perigosa de Jair após cobrança de escanteio.

E, de tanto tentar, o Flamengo conseguiu abrir o placar um pouco antes do intervalo, já aos 45, quando Pedro ganhou do volante Allan no corpo e tocou em profundidade para Arrascaeta, que ganhou na corrida de Nathan Silva e bateu na saída de Everson.

O Atlético-MG começou a etapa final com uma postura diferente, tentando igualar as ações. E logo no primeiro minuto Nacho achou Hulk na área, que bateu para fora. Mas o Rubro-Negro era mais eficiente e conseguiu ampliar aos 18 minutos.  Everton Ribeiro cobrou falta na área, Thiago Maia desviou e Arrascaeta apareceu na segunda trave para, de peixinho, marcar pela segunda vez na partida.

A missão do Flamengo ficou mais simples aos 32 minutos, quando Junior Alonso parou contra-ataque perigoso de Marinho com falta e acabou expulso após receber o segundo cartão amarelo na partida.

Mesmo com um jogador a menos o Atlético-MG continuou pressionando, mas o Flamengo conseguiu segurar o resultado até o fim.

Após a partida decisiva pela Copa do Brasil, o Flamengo enfrenta o Coritiba no sábado (16) no Mané Garrincha. Um dia depois o Galo visita o Botafogo no Nilton Santos.

Fortaleza perde Clássico-Rei mas avança na Copa do Brasil

 


O Fortaleza fez valer a vantagem obtida na ida das oitavas da Copa do Brasil e se classificou para as quartas da competição mesmo com uma derrota de 1 a 0 para o Ceará, na noite desta quarta-feira (13) no estádio do Castelão.

Como venceu na ida por 2 a 0, o Tricolor conseguiu avançar mesmo com o revés nesta quarta no Clássico-Rei.

Fortaleza e Ceará fizeram um jogo movimentado na Arena Castelão, mas a bola só morreu no fundo da rede aos 15 minutos do segundo tempo, quando Vina marcou de cabeça após Richard Coelho levantar a bola na área.

Já nos acréscimos da partida Vina teve a oportunidade de levar a disputa da vaga para os pênaltis, mas o meia-atacante acertou o travessão em ótima oportunidade.

Após o compromisso pela Copa do Brasil o Vozão recebe o Corinthians no sábado (16). Um dia depois o Tricolor visita o Atlético-GO.

Rússia ataca Ucrânia um dia após avanço em negociações sobre grãos

 


Mísseis russos atingiram a cidade ucraniana de Vinnytsia nesta quinta-feira (14), em um ataque que autoridades ucranianas disseram ter deixado pelo menos 12 mortos, incluindo uma criança pequena, além de dezenas de feridos.

O ataque ocorreu um dia após avanço nas negociações entre Moscou e Kiev para desbloquear as exportações de grãos ucranianos e deixa claro o quanto os dois países permanecem longe de qualquer tipo de acordo de paz.

"Há feridos e mortos, entre eles, uma criança pequena", escreveu o presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy, no aplicativo de mensagens Telegram. "O que é isso senão um ato aberto de terrorismo?"

O Ministério da Defesa russo, que nega atacar civis, ainda não comentou o ataque. A Rússia, que lançou o que chamou de "operação militar especial" contra a Ucrânia em 24 de fevereiro, diz que seu objetivo é degradar a infraestrutura militar da Ucrânia para proteger sua própria segurança.

A cidade de Vinnytsia fica a cerca de 200 quilômetros a sudoeste da capital ucraniana e está longe das principais linhas de frente no leste e sul em um conflito que o Ocidente e a própria Ucrânia chamam de guerra de agressão não provocada.

O ataque russo atingiu o estacionamento de um prédio de escritórios de nove andares por volta das 10h50 (4h50 no horário de Brasília), informou o Serviço de Emergência do Estado da Ucrânia.

O órgão postou fotos mostrando fumaça cinza subindo dos restos retorcidos de carros queimados e escombros fumegantes nas proximidades.

Frente leste

Na linha de frente da guerra, centenas de quilômetros para leste, a Ucrânia disse que repeliu tentativas de ataques terrestres russos depois que Moscou concentrou os ataques a duas cidades que vê como trampolins para assumir o controle de cidades maiores.

Depois que suas primeiras tentativas de guerra-relâmpago falharam, a Rússia passou a buscar uma campanha projetada para desgastar as forças ucranianas e minimizar as baixas do seu lado, enquanto bombardeia cidades que deseja capturar.

Já a Ucrânia, com a ajuda dos sistemas de foguetes móveis Himars recentemente obtidos junto aos Estados Unidos, começou a atacar alvos no interior do território controlado pela Rússia e diz que está destruindo depósitos de munição.

Daniil Bezsonov, autoridade apoiada pela Rússia na autoproclamada República Popular de Donetsk, disse nesta quinta-feira que as Forças Armadas e a Rússia estão concentrando fogo no leste da Ucrânia, nas cidades de Siversk e Soledar.

 

Termina hoje prazo para recursos no Revalida

 


Termina hoje (14) o prazo para a apresentação de recursos visando nova análise do diploma que foi apresentado para o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeira (Revalida 2022/2).

O resultado – da primeira etapa da segunda edição de 2022 – foi divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) no dia 8 de julho, data em que teve início o período para a apresentação de recursos, que deve ser feito por meio do Sistema Revalida.

“No caso de reprovação da documentação apresentada, o participante poderá inserir novo arquivo para análise. O único documento aceito, conforme previsto em edital, é o diploma médico original expedido por instituição de educação superior estrangeira reconhecida no país de origem pelo Ministério da Educação ou órgão equivalente, autenticado pela autoridade consular brasileira ou pelo processo da Convenção sobre a Eliminação da Exigência de Legalização de Documentos Públicos Estrangeiros”, informou em nota o Inep.

O arquivo deve ser digitalizado (frente e verso) em formato PDF, PNG ou JPG, com tamanho de até 2 MB.

A primeira etapa do Revalida 2022/2 está prevista para o dia 7 de agosto, em oito cidades brasileiras: Brasília (DF), Campo Grande (MS), Curitiba (PR), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio Branco (AC), Salvador (BA) e São Paulo (SP).

Habilidades

Aplicado pelo Inep desde 2011, o objetivo do Revalida é avaliar habilidades, competências e conhecimentos necessários para o exercício profissional adequado aos princípios e necessidades do Sistema Único de Saúde (SUS). O exame é voltado aos que obtiveram diploma de graduação em medicina expedido no exterior.

O ato de apostilamento da revalidação do diploma é atribuição das universidades públicas que aderirem ao instrumento unificado de avaliação representado pelo Revalida.

O exame é composto por duas etapas (teórica e prática) que abordam, de forma interdisciplinar, as cinco grandes áreas da medicina: clínica médica, cirurgia, ginecologia e obstetrícia, pediatria e medicina da família e comunidade (saúde coletiva). Para participar da segunda etapa, é necessário ter sido aprovado na primeira, que contempla as provas objetiva e discursiva.

As referências do exame são os atendimentos no contexto de atenção primária, ambulatorial, hospitalar, de urgência, de emergência e comunitária, com base na Diretriz Curricular Nacional do Curso de Medicina, nas normativas associadas e na legislação profissional.


 

Câmara aprova em 2º turno 'PEC dos benefícios' por 469 votos a 17

 


A Câmara aprovou na noite desta quarta-feira, 13, em segundo turno, a Proposta de Emenda à Constituição que decreta estado de emergência no País para respaldar a concessão e ampliação, pelo governo de Jair Bolsonaro, de uma série de benefícios sociais às vésperas da eleição. Para concluir a votação da chamada PEC Kamikaze, ainda falta a análise de dois destaques. 
 
Só depois, poderá ir à promulgação do Congresso. No segundo turno, foram 469 votos a favor, 17 contrários e 2 abstenções. Para garantir o quórum de deputados da base governista e impedir a oposição de emplacar mudanças no texto, o presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), fez uma manobra e permitiu que os parlamentares votassem de forma virtual, por meio de um aplicativo.
 
Articulada pelo Palácio do Planalto com a base governista no Congresso, a PEC aumenta o Auxílio Brasil de R$ 400 para R$ 600 por mês e concede uma "bolsa caminhoneiro" de R$ 1 mil mensais. O custo das medidas é de R$ 41,25 bilhões fora do teto de gastos - a regra que limita o crescimento das despesas do governo à inflação do ano anterior.
 
Durante a análise em primeiro turno dos destaques, que são sugestões de mudanças ao texto principal, a oposição tentou tornar o Auxílio Brasil de R$ 600 permanente e derrubar o estado de emergência - dispositivo incluído na PEC para blindar o presidente Jair Bolsonaro (PL) de possíveis punições da Lei Eleitoral, que proíbe a criação de benesses às vésperas da eleição, exceto em casos de calamidade pública e emergência nacional.
 
Nesta terça-feira, 12, a PEC foi aprovada em primeiro turno com 393 votos a favor e 14 contrários. O dia, contudo, foi marcado por uma "força-tarefa" do governo para mobilizar a base diante do risco de falta de quórum. Lira alegou problemas na conexão de internet e suspendeu a sessão, que foi retomada hoje. A oposição, porém, defendeu o cancelamento daquela sessão. Lira, então, acatou o pedido e convocou nova sessão, de forma virtual. No entanto, o presidente da Câmara manteve o resultado da votação de ontem.
 
Diante dos problemas tecnológicos na Câmara ontem, os governistas passaram a temer que o quórum de deputados no plenário diminuísse e a oposição, assim, conseguisse derrubar na análise dos destaques o estado de emergência. O mesmo temor havia ocorrido na última quinta-feira, 7, na primeira vez que Lira levou a PEC ao plenário.
 
Com a manobra para que os deputados marcassem presença no plenário e votassem de forma virtual hoje, o governo teve mais segurança para impedir a ofensiva da oposição. Antes, os deputados precisavam marcar presença direto no plenário, mas muitos já viajaram para suas bases eleitorais.
O artifício de Lira foi criticado pela oposição. 
 
"O presidente da Câmara é hoje um caminhão sem freio descendo uma ladeira, impondo os seus caprichos sobre todas as regras constitucionais, legais e regimentais. Um caminhão sem freio descendo uma ladeira atropela quem passa na frente, mas uma hora bate no muro e se arrebenta", escreveu no Twitter o deputado Marcelo Ramos (PSD-AM), ex-vice-presidente da Casa.
 
Ontem, a Polícia Federal (PF) chegou a ir à Câmara para investigar o problema técnico nos servidores de internet. "Foi instaurado procedimento preliminar de apuração na Superintendência da Polícia Federal no Distrito Federal e as diligências continuam a fim de esclarecer prontamente o ocorrido", disse Lira hoje.
 
O líder do PL na Câmara, Altineu Côrtes (RJ), chegou a falar em "fraude" e "ataque à democracia", mas Lira negou que a votação no painel do plenário tenha sido fraudada. "Foram interrompidos simultaneamente os dois links de Internet, fornecidos por empresas distintas. 
 
Trata-se de uma ocorrência grave e sem precedentes. Para assegurar que todos os deputados exerçam seu legítimo direito de voto, foi suspensa a sessão e determinada a investigação imediata das causas e responsabilidades da pane do sistema", afirmou o presidente da Câmara em nota.
 
Além do aumento do Auxílio Brasil a R$ 600 e da concessão da "bolsa caminhoneiro" de R$ 1 mil mensais, a PEC prevê auxílio gasolina a taxistas de R$ 200 mensais, a ampliação do vale-gás a famílias de baixa renda e recursos para o programa Alimenta Brasil e para subsidiar a gratuidade a idosos nos transportes públicos urbanos e metropolitanos. Todas as medidas valem somente até o fim deste ano. Por Estadão Conteúdo

 

quarta-feira, 13 de julho de 2022

MANCHETES DO JORNAL DA NOITE NA MADRUGADA DA RÁDIO UNIVERSO DE SÃO FERNANDO E CAICÓ

 



AS PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA

Nesta quinta-feira (14)

Das 4 da madrugada até 6 horas da manhã, na RÁDIO UNIVERSO WEB DE SÃO FERNANDO E RÁDIO UNIVERSO ONLINE DE CAICÓ - JORNAL DA NOITE 2ª edição com Paulo Júnior – A máquina da notícia – A indústria da informação

AS MANCHETES

Câmara aprova PEC que expande benefícios sociais em ano eleitoral e texto vai à promulgação

Anvisa libera a venda do medicamento Losartana

Lei permite emissoras de rádio e TV venderem toda sua programação

Brasil assina Declaração de Todo o Atlântico

Luiz Eduardo cresce 200% e é 1º do Solidariedade e Mato Grande

Ocorrências de infartos e AVC sobem cerca de 30% no inverno

Quase 80% dos casos com vírus respiratórios no país são de covid-19

Cem anos do rádio no Brasil: as Rainhas do Rádio

Turismo: número de pessoas que desembarcaram no país teve alta em maio

Congresso analisa cinco vetos nesta quinta

Plenário analisará reformulação do sistema de cooperativas de crédito

Crescem os registros de nascimento sem o nome do pai no Brasil

PLANTÃO ESPORTIVO

Seleção brasileira de futebol feminino vence o Uruguai por 3 a 0

CBG convoca equipe para Pan-Americano de Ginástica Artística

GIRO PELO MUNDO

Joe Biden faz a primeira viagem ao Oriente Médio como presidente dos Estados Unidos  

Primeiro-ministro do Sri Lanka declara estado de emergência

NO JORNAL DA NOITE, VAMOS A PARTICIPAÇÃO DA RÁDIO ONU

ONU vê “raio de esperança” em negociação sobre exportação de alimentos da Ucrânia

OMS defende criação de mais vacinas para combater resistência antimicrobiana

O QUE SERÁ NOTÍCIA NESTA QUINTA NOS BLOGUES, RÁDIOS, SITES, JORNAIS IMPRESSOS E TELEJORNAIS, NO BRASIL E NO MUNDO, O JORNAL DA NOITE ANTECIPA PARA VOCÊ, NA RÁDIO UNIVERSO WEB DE SÃO FERNANDO:

CONFIRA AS PRINCIPAIS MANCHETES DOS JORNAIS PELO BRASIL NESTA QUINTA-FEIRA

JORNAL O GLOBO - RIO DE JANEIRO

JORNAL O DIA – RIO DE JANEIRO

JORNAL FOLHA DE SÃO PAULO – SÃO PAULO

JORNAL ESTADÃO DE SÃO PAULO

JORNAL TRIBUNA DO NORTE - NATAL

JORNAL AGORA RN – NATAL

JORNAL DEFATO - MOSSORÓ

JORNAL CORREIO DA PARAÍBA – JOÃO PESSOA PB

JORNAL CORREIO DA BAHIA – SALVADOR

JORNAL DIÁRIO DE PERNAMBUCO

JORNAL DIÁRIO DO NORDESTE - FORTALEZA

JORNAL O POVO – FORTALEZA

JORNAL ESTADO DE MINAS

JORNAL LIBERAL – BELÉM DO PARÁ

JORNAL O IMPARCIAL – MARANHÃO

JORNAL ZERO HORA – PORTO ALEGRE

JORNAL MEIO NORTE – TERESINA – PIAUÍ

JORNAL CORREIO BRAZILIENSE - BRASÍLIA  

JORNAL A CRÍTICA – Manaus

Veja como ouvir a Rádio Universo de São Fernando e Rádio Universo de Caicó

https://www.radiouniversoonline.com.br/

https://www.universowebradio.com.br/

No radiosnet
https://www.radios.com.br/aovivo/universo-web-radio/194159

https://www.radios.com.br/.../radio-universo.../199430

PELO APLICATIVO DA RÁDIO UNIVERSO WEB DE SÃO FERNANDO
Gostaria de compartilhar meu app favorito com voc�.
https://play.google.com/store/apps/details...

PELO APLICATIVO DA RÁDIO UNIVERSO ONLINE DE CAICÓ
Gostaria de compartilhar meu app favorito com voc�.
https://play.google.com/store/apps/details...

SEGUE O LÍDER! Luiz Eduardo cresce 200% e é 1º do Solidariedade e Mato Grande


Confirmando a consolidação e crescimento, Luiz Eduardo aparece novamente em 16º lugar em nova pesquisa (BG/BRÂNAME). Os números dessa pesquisa revelam que Luiz Eduardo é 1º do partido Solidariedade e 1º lugar da região do Mato Grande, e ainda com crescimento de 200% em relação à última BG/Brâmane, ficando em 16º lugar geral, empatado com Gustavo Carvalho.

É a confirmação que o trabalho realizado em Maxaranguape pode ser ampliado para todo o Rio Grande do Norte.

Pesquisa registrada no TRE sob os protocolos BR-06936/2022 e RN-04995/2022. Foram ouvidas 1.500 pessoas, entre os dias 6 e 8/7.

Congresso Nacional aprova salário mínimo de R$ 1.294 para 2023


O Congresso aprovou nesta terça-feira (12) a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2023, que prevê salário mínimo de R$ 1.294 para o ano que vem. O valor representa um aumento de 6,77% sobre o salário mínimo deste ano. A LDO serve de base para Lei Orçamentária Anual (LOA).

Como economistas do mercado financeiro preveem que o IPCA deve fechar o ano com alta de 7,67%, de acordo com o Boletim Focus, do Banco Central, o reajuste aprovado está abaixo da inflação prevista para este ano.

De acordo com o documento enviado ao Congresso, a previsão para a taxa Selic é de 10% em 2023, 7,7% em 2024 e 7,1% em 2025. Já o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) para 2023, 2024 e 2025 é estimado em 2,5%.

A reserva de recursos para o orçamento secreto foi transformada em obrigatória pelos parlamentares. Além disso, eles abriram a possibilidade de o Legislativo definir qual projeção usar para a inflação, que corrige o teto de gastos - a regra que limita o crescimento das despesas do governo. Na Câmara, foram 324 votos a favor e 110 contra. No Senado, o placar foi 46 a 23.

Proposta de salário mínimo em R$ 1.394 foi rejeitada

A sugestão do PT de elevar o salário mínimo para R$ 1.394 foi rejeitada por senadores e deputados que votaram contra a proposta. Os parlamentares mantiveram a previsão original do texto encaminhada pelo Poder Executivo, de R$ 1.294.

De acordo com a Agência Câmara, o relator da matéria, o senador Marcos do Val, argumentou que a LDO apenas oferece um parâmetro para as projeções de resultado fiscal. "Quem define o valor do salário mínimo é o Poder Executivo, dentro da meta fiscal estabelecida", disse.

 

Câmara aprova em 1º turno texto-base da PEC do piso salarial da enfermagem

Discussão e votação de propostas
Sessão do Plenário da Câmara do Deputados

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (12), em 1º turno, a PEC do Piso da Enfermagem (PEC 11/22). Foram 425 votos a 7. O Plenário precisa analisar ainda um destaque do Novo apresentado à proposta. A votação poderá ser retomada nesta quarta-feira (13).

De autoria do Senado, a PEC do Piso da Enfermagem determina que uma lei federal instituirá pisos salariais profissionais nacionais para o enfermeiro, o técnico de enfermagem, o auxiliar de enfermagem e a parteira, a serem observados por pessoas jurídicas de direito público e de direito privado.

A relatora da PEC, deputada Carmen Zanotto (Cidadania-SC), afirmou que a aprovação da proposta vai impedir questionamentos judiciais do piso, previsto no Projeto de Lei 2564/20. “Para evitarmos qualquer risco de judicialização, qualquer risco de veto, por não estar na Constituição Federal que trabalhamos pela PEC 11 para dar mais segurança jurídica ao piso nacional dos profissionais da enfermagem”, disse.

Zanotto afirmou que a enfermagem precisa de reconhecimento e salário digno, destacando o papel das enfermeiras na prisão do anestesista Giovanni Bezerra, detido em flagrante após estuprar uma paciente durante um parto cesárea. “A enfermeira armou uma gravação. De outra forma, não seria possível provar o dano daquele profissional”, ressaltou.

A deputada afirmou ainda que o aumento salarial da categoria poderá ser custeado por medidas como desoneração da folha, legalização dos jogos, royalties do petróleo, lucro das estatais e saldo não utilizado dos recursos previstos na PEC do Estado de Emergência (PEC 15/22), que também deverá ser votada nesta quarta-feira.

“Eu peço ao governo que nos ajude, para que a gente possa garantir a assistência nos nossos hospitais filantrópicos, para que a gente possa manter este quadro de profissionais”, declarou.

Elaine Menke/Câmara do Deputados
Discussão e votação de propostas. Dep. Carmen Zanotto CIDADANIA-SC
Carmen Zanotto, relatora da proposta

Apenas o partido Novo orientou o voto contrário ao piso salarial dos enfermeiros. O líder do partido, deputado Tiago Mitraud (Novo-MG), disse que a proposta vai gerar uma onda de demissões com os aumentos salariais. “Esta proposta trará efeitos nefastos para os profissionais de enfermagem, que foram enganados”, declarou.

O deputado Alexis Fonteyne (Novo-SP) afirmou que a definição salarial não é tema constitucional. “Este tema tem de ser tratado do lado de fora da Constituição, como todas as outras profissões, para a gente ter equilíbrio, para a economia se mexer, porque senão corremos o risco de abraçar o populismo e ter mais e mais categorias pressionando.”

Todos os demais partidos declararam voto favorável. Para o deputado Helder Salomão (PT-ES), a proposta faz justiça aos profissionais de saúde. “Na pandemia, as pessoas viram mais concretamente o papel que esses profissionais exercem cotidianamente, mas em períodos de normalidade, os profissionais da saúde, os profissionais da enfermagem, outros profissionais são fundamentais para o fortalecimento do Sistema Único de Saúde”, ressaltou.

Para o líder do MDB, deputado Isnaldo Bulhões Jr. (AL), os profissionais de enfermagem são uma das categorias mais importantes do Brasil. “O MDB faz um reconhecimento histórico da enfermagem no País”, disse.

A deputada Alice Portugal (PCdoB-BA) afirmou que o Congresso cumpriu todas as etapas e negociou o piso salarial.

Reportagem – Carol Siqueira e Eduardo Piovesan
Edição – Pierre Triboli

Fonte: Agência Câmara de Notícias

 

Deputados aprovam em 1º turno texto-base da PEC do Estado de Emergência

 

Discussão e votação de propostas. Dep. Danilo Forte UNIÃO-CE
Danilo Forte, relator da proposta

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (12), em primeiro turno, o texto-base da PEC do Estado de Emergência (PEC 15/22). A proposta permite ao governo gastar por fora do teto de gastos mais R$ 41,25 bilhões até o fim do ano para aumentar benefícios sociais, conceder ajuda financeira a caminhoneiros e taxistas, ampliar a compra de alimentos para pessoas de baixa renda e diminuir tributos do etanol.

O texto-base aprovado é um substitutivo do relator, deputado Danilo Forte (União-CE). Foram 393 votos a favor a 14 contra. O Plenário da Câmara vai analisar nesta quarta-feira (13) os destaques apresentados pelos partidos na tentativa de retirar trechos do texto.

Danilo Forte afirmou que a proposta é uma demanda da sociedade, que precisa lidar com o aumento dos preços dos combustíveis. Ele destacou que os recursos foram garantidos pelo governo federal. “Esse dinheiro já está arrecadado no Tesouro Nacional, nos R$ 65 bilhões que foram arrecadados a mais este ano em relação ao primeiro semestre do ano passado”, disse.

Segundo o relator, é melhor investir esses recursos no socorro à população mais pobre do que dar para os banqueiros. “É dentro dessa lógica que nós temos que retribuir ao povo brasileiro”, defendeu.

Auxílios
O deputado Christino Aureo (PP-RJ) afirmou que o texto foi aprovado por ampla maioria e está de acordo com votações que o Congresso fez durante a pandemia para auxiliar a população. “Este mesmo Parlamento, que protagonizou encaminhamentos importantes durante a pandemia, também vai dar uma resposta votando a favor do incremento do Auxílio Brasil, do incremento do vale-gás, da compensação a taxistas, caminhoneiros, da agricultura familiar, do transporte urbano para idosos e do apoio ao setor de biocombustíveis”, declarou.

Para o deputado Hildo Rocha (MDB-MA), o aumento do Auxílio Brasil terá impacto favorável na economia. “Aumenta o poder de compra dessas famílias”, disse.

A deputada Soraya Santos (PL-RJ) reforçou que o Congresso precisa ficar atento ao contexto atual de escalada dos preços. “Neste momento, urge socorrer os motoristas de Uber e motorista de caminhão”, defendeu.

Críticas
A proposta foi criticada pelo partido Novo, que orientou contra, e por outros parlamentares. O deputado Kim Kataguiri (União-SP) afirmou que a PEC vai gerar ainda mais crise econômica. “É endividar as futuras gerações, é aumentar a inflação, é aumentar o dólar por pura demagogia e populismo fiscal”, criticou. Para ele, a vida dos mais pobres não será aperfeiçoada, já que a inflação deverá “corroer” todo o aumento.

Para a deputada Joice Hasselmann (PSDB-SP), a proposta é “a PEC da compra de votos”. “Basicamente é derramar um monte de dinheiro em ano eleitoral, o que não pode pela Constituição. Então, já que não pode, muda-se a Constituição. É isso que estão fazendo, transformando esse monte de dinheiro em benefícios, para depois tirar esses benefícios já no início de 2023”, criticou.

Wesley Amaral/Câmara dos Deputados
Discussão e votação de propostas. Dep. Joice Hossemann PSDB-SP
Joice Hasselmann criticou a PEC por prever benefícios em ano eleitoral
 
O deputado Marcel Van Hattem (Novo-RS) afirmou que o texto joga “gasolina em uma casa que está pegando fogo”. “A Câmara está preferindo jogar gasolina, porque votar uma PEC que fura o teto, uma PEC que vai gerar bilhões de endividamento, uma PEC que vai gerar inflação para resolver o problema da crise econômica é jogar gasolina na fogueira, é piorar a situação”, disse. 
 
Oposição 
Os partidos de oposição ao governo Bolsonaro indicaram voto favorável ao texto, mas afirmaram se tratar de uma medida “eleitoreira”.
 
Líder do PSB, o deputado Bira do Pindaré (MA) afirmou que, durante a votação dos destaques, a oposição pretende assegurar a permanência dos benefícios. “Nós não concordamos é que esse auxílio seja limitado ao período eleitoral. Não concordamos com medidas eleitoreiras. Vamos defender a nossa posição de que essa seja uma política permanente, e não essa enganação do Bolsonaro, que quer aumentá-lo apenas no período eleitoral”, disse.
 
Para a deputada Talíria Petrone (Psol-RJ), é necessário denunciar o “caráter eleitoreiro” da medida. “Lá atrás, Bolsonaro e sua base não quiseram o valor que estamos votando agora. Querem agora para conseguir diminuir a rejeição que vai tirá-los do poder em outubro. A segunda denúncia é que a culpa desse horror é de Bolsonaro e sua base”, afirmou.
 
O líder do PCdoB, deputado Renildo Calheiros (PE), criticou o precedente de se instituir um estado de emergência por emenda constitucional. “Em um país como o Brasil, no clima político existente no Brasil, a 80 dias da eleição, você consagrar no texto constitucional, mesmo que nas disposições transitórias, o estado de emergência é um risco que não há nenhuma necessidade de nós corrermos”, alertou. 

Reportagem – Carol Siqueira e Eduardo Piovesan

Edição – Pierre Triboli

Fonte: Agência Câmara de Notícias