sábado, 1 de junho de 2013

São José do Seridó vivenciou a coroação de Nossa Senhora




A comunidade Católica Cristã   de   São José do Seridó vivenciou nesta sexta , 31 de Maio de 2013, a coroação de Nossa   Senhora, um momento de    e emoção.
A celebração foi feita pelo Padre Fabiano Mauricio  Dantas , pároco local, com grande participação popular.
O evento religioso aconteceu no largo da igreja matriz com celebração acompanhada pelo coral seu Biu em grande apresentação.
Em seguida os jovens do grupo Enraizados em Cristo apresentou uma peça  contando a história da aparição de Nossa Senhora da Revelação.
Este grupo sempre traz boas apresentações todos os anos abordando a importância da fé numa viagem histórica pela fé e  pela história da igreja católica e  seus santos ,destacando  Nossa Senhora a mãe de  Jesus  e advogada nossa.
Este ano  os jovens contaram a história de Nossa Senhora da  Revelação.
Bruno Cornachiola nasceu em 1913. Tinha mais cinco irmãos e vivia numa família com problemas de relacionamento. Com 14 anos, saiu de casa e viveu como andarilho pelas ruas de Roma. Casou-se com 23 anos. Foi a Espanha, como voluntário, para lutar a favor dos comunistas na guerra civil. Lá fez amizade com um fanático protestante alemão e com ele decidiu lutar contra o catolicismo. Em 1939, retornou à Itália odiando a Igreja Católica e nutrindo o proposito de matar o Papa. Fez de tudo para afastar a esposa do catolicismo; queimou as imagens dos santos e um crucifixo que a esposa tinha em casa. Depois, a esposa, para evitar brigas, deixou de frequentar a Igreja Católica.

No dia 12 de abril de 1947, Bruno e os três filhos foram passear no parque das Trè Fontane, onde, segundo a tradição, São Paulo foi decapitado.  Enquanto os filhos brincavam, Bruno escrevia alguns tópicos para a conferencia que faria, para demonstrar que Nossa Senhora não era virgem, nem imaculada, nem levada ao céu. De repente, o filho menor Gianfranco, em busca da bola, desaparece. O pai é avisado. Todos procuram.
Os dois irmãos entram na gruta e veem o irmãozinho ajoelhado e dizendo:
“Bela Senhora!”
Ao se aproximarem, caem também de joelhos e repetem: “Bela Senhora!” Bruno continua chamando os filhos e estes não respondem. Vê-os ajoelhados. Entra na gruta, passa diante dos filhos e exclama: “Deus, salva- nos!” Ao dizer isto, sente duas mãos que lhe tocam os olhos e ele os fechas. Quando os abre vê a “Bela Senhora”. Nesta hora uma grande alegria lhe invade o coração. Nossa Senhora trazia na mão direita uma Bíblia, com isto Ela lhe dá a entender que a Virgindade, Imaculada e Assunção aos céus têm base na Bíblia e que a Revelação está escrita nela. Bruno ouve: “Eu sou a Virgem da Revelação”. Tu me perseguiste. Agora basta! Entra na Santa Grei. O Deus prometido é e fica imutável. As nove sextas-feiras ao Sagrado Coração que fizeste,  forçado pelo amor de tua fiel esposa, antes que tu tomasses definitivamente a estrada do erro, te salvaram!”
Nossa Senhora pede a Bruno que procure um sacerdote indicado por Ela e dá-lhe uma mensagem que deveria ser levado ao Santo Padre.

 
Ao retornarem para casa, as crianças contaram à mãe o que havia acontecido. Bruno mudou de vida daquele dia em diante. Encontrou depois de muito tempo, o sacerdote indicado por Nossa Senhora, o qual o instruiu sobre as verdades da fé católica.
Baseado neste texto os atores do grupo enraizados em cristo realizaram uma belíssima apresentação na noite desta sexta  e em seguida aconteceu a coroação de Nossa Senhora, um momento magico, abençoado  e inesquecível para os católicos de São José do Seridó.


 VIA BLOG DO CARLOS FELIPE









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário